R 00 ° C JAÚ
...
PUBLICIDADE

Garota de programa é vítima de estupro na região de Jaú

postado  Postada em 07/11/2011  

Garota de programa foi estuprada, no quilômetro 176 mais 100 metros da SP-225, na região de Jaú, na madrugada de ontem. O motorista Danilo Daniel Crotti, 29 anos, acusado pelo crime, foi encontrado pela polícia e preso por estupro, sequestro e lesão corporal.

De acordo com boletim de ocorrência, a Polícia Militar de Jaú foi acionada por morador de chácara, que informou que a garota de programa M. R. S., 19 anos, teria pedido socorro em razão de ter sido vítima de agressão e estupro. Os policiais encontraram a vítima muito assustada, além estar com dores no corpo e ferimentos leves.

M. teria informado à polícia que é garota de programa e que, na noite de anteontem, Crotti teria estacionado na beira da estrada e pedido a ela que subisse em sua motocicleta CB 300 prata. A vítima relatou à polícia que, ao segurar na cintura de Crotti, percebeu que ele estava armado e se desesperou.

O motorista teria acelerado a moto e começado a dirigir em alta velocidade, com o objetivo de impedir que M. fugisse. Ele parou em local ermo, na rodovia, e é acusado de estuprar a jovem.

A vítima foi levada pela polícia ao pronto-socorro da Santa Casa de Jaú, onde foi medicada e liberada. Por meio da placa da moto, a polícia conseguiu chegar ao acusado de ser o autor do crime, que dormia em sua residência no Jardim São Caetano, em Jaú.

No local do estupro, na SP-225, a PM encontrou uma cartucheira calibre 32, com sete munições deflagradas e uma intacta, celular pertencente à M., que teria sido danificado por Crotti, e as roupas íntimas da vítima. Crotti foi levado para o Plantão Permanente de Polícia Civil, onde a autoridade deu voz de prisão e encaminhou o acusado para a Cadeia Pública de Barra Bonita.

Pena

O acusado vai responder por estupro, sequestro e lesão corporal. O estupro é considerado, pelo Código Penal, como crime hediondo, que diz respeito ao delito que tem gravidade acentuada. De acordo com o artigo 213, o autor do crime de estupro pode ser punido com reclusão de seis a dez anos.

O sequestro, segundo o artigo 148, tem pena de reclusão de um a três anos, mas se resultar à vítima grave sofrimento físico ou moral, conforme ocorreu com a jovem, a punição passa a ser reclusão de dois a oito anos. O artigo 129 determina que a pena para lesão corporal é detenção de três meses a um ano. (Flaviana de Freitas)

Avaliar a notícia:  
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE