...
PUBLICIDADE
01/02/2015

Flávia Alessandra estreia quadro no "Fantástico"

  
Divulgação/Globo

O "Fantástico" apresenta neste domingo (1º), na Globo a partir das 21h,  o quadro O Mundo Secreto dos Bebês – Aprendendo a Falar, comandado por Flávia Alessandra. Em três episódios, a atriz segue por um mundo de descobertas e mostra como os pequenos desenvolvem a capacidade de falar nos primeiros anos de vida. 

Flávia, mãe de duas meninas, abre as portas de sua casa e mostra um pouco de seu convívio com a filha de quatro anos. Além disso, ela conhece famílias que estão vivendo o mesmo momento, com dicas práticas de como os pais podem enriquecer a comunicação com os filhos, sempre de acordo com as pesquisas mais recentes na área. A série conta com a consultoria de Beatriz Cardoso, doutora em educação e diretora da ONG Laboratório de Educação, especializada no tema. 

No episódio de estreia, Flávia visita Vanessa Giácomo – a gravação foi realizada quando a atriz estava grávida de 38 semanas de sua filha Maria. Elas conversam sobre a importância de começar a interagir com o bebê desde a barriga. Vanessa costumava conversar com a barriga e conta que tinha medo de não saber cuidar do primeiro filho. “Assim que ele nasceu houve uma transformação, eu já sabia tudo que ele queria e como fazer. O instinto materno é algo muito forte”, diz a atriz.

Em clima de folia, chega a grande final do concurso de marchinhas. O vencedor será anunciado ao vivo depois da votação feita pelo público no site do programa. Ao todo, foram 1339 músicas inscritas, vindas de todos os cantos do país. As três finalistas são  "Marchinha Literária", do Rio de Janeiro, "Fucei seu Feice", de São Paulo, e "Adoro celulite", de Recife.

Já o Repórter Secreto, apresenta uma edição especial de "Cadê o dinheiro que tava aqui?", diretamente de Mangaratiba, no Rio de Janeiro. Entre março de 2011 e dezembro de 2012, foram firmados mais de 40 contratos pela prefeitura para a compra de cestas básicas, merenda escolar e para execução de obras. Todas as contratações eram realizadas sem licitação e sem qualquer garantia de que os serviços seriam realizados. (Da redação)

 COMENTÁRIOS