...
PUBLICIDADE
19/07/2015

raio x - Sem plano B

  
Ator Giuliano Laffayette tem parentesco com Carmem Miranda Isabel Almeida/CZN

O olhar intenso de Giuliano Laffayette dá uma pista de sua personalidade forte. Talvez, por conta disso, um personagem com um visual rebelde tenha caído como uma luva em sua estreia na televisão, em “Verdades Secretas”, novela das onze da Globo. Mas para dar vida ao extravagante Caco, que faz parte do núcleo da escola, o ator mudou radicalmente a aparência. O cabelo descolorido e o piercing no nariz dão o toque final à postura desafiadora que ele assume em cena. “Durante a preparação, o diretor Mauro Mendonça Filho foi me dando dicas de que o Caco é expansivo, gosta de rock e disse que o meu visual poderia ser como o de um vocalista de uma banda do gênero. Então, trouxe o piercing para a caracterização e a ideia foi aprovada”, entusiasma-se. Antes de entrar para o elenco da novela, Giuliano pensava que poderia fazer qualquer papel. Mas, ao ver como a produção funciona, percebeu que ainda tem muito a aprender e o quanto cada fator no set influência no resultado. “A capacidade de concentração e a repetição são coisas que tenho de saber lidar. Na TV, você tem de repetir a cena várias vezes com a mesma intenção. E como fazer isso?”, questiona.

Na história, Caco é amigo de Guilherme, vivido por Gabriel Leone, e se interessa por Giovanna, interpretada por Agatha Moreira. Embora seja extrovertido, ele não encontra uma forma de falar sobre seus sentimentos. “Meu personagem é o tipo de cara que chega na menina e dá logo um beijo, mas com a Giovanna essa coragem desaparece”, relata. Além de atuar, Giuliano pinta. Apesar do talento com os pincéis, ele não encara a pintura como um segundo plano. O ator, que tem parentesco com Carmem Miranda, sua tia-bisavó, gosta de todas as formas de arte, mas quis fazer da atuação seu ofício. (Raquel Rodrigues/TV Press)

Giuliano Laffayete Ferreira Guimarães

Nascimento: Em 8 de julho de 1991, no Rio de Janeiro

Atuação inesquecível: “Na peça ‘O Sol Feriu A Terra e A Chaga se Alastrou’ como o Brilhantina. Com esse personagem, ganhei o prêmio de melhor ator no Festival Intercolegial de Teatro. É um vilão cangaceiro. Esse papel foi a concretização do que queria fazer na minha vida”

A que gosta de assistir: “Filmes e me interessa também o canal Arte 1”

A que não gosta de assistir: “Programas que visam só o dinheiro e esquecem o verdadeiro propósito de estar ali, alguns programas de humor e jornalismo sensacionalista”

O que falta na televisão: “Mudar o olhar sobre as mesmas coisas que a TV faz há anos”

O que sobra na televisão: “Programas ruins e muito sensacionalismo”

Ator: João Miguel

Atriz: Léa Seydoux

Com quem gostaria de contracenar: Wagner Moura

Que personagem gostaria de representar: “Um travesti que está passando por algum problema grave ou uma pessoa bem louca, tipo o personagem do Joaquin Phoenix no filme ‘O Mestre’”

Novela preferida: “Gabriela”, de Walcyr Carrasco, exibida pela Globo em 2012

Vilão marcante: Coringa, interpretado por Heath Ledger, em “Batman: O Cavaleiro das Trevas”

Filme: “Estômago”, de Marcos Jorge, em 2008

Livro: “Esperando Godot”, de Samuel Beckett

Música: “Gosto muito de rap e jazz”

Autor: Walcyr Carrasco

Diretor: Mauro Mendonça Filho

Mania: ‘’Quando fico nervoso, começo a enrolar o cabelo”

Medo: ‘’Queria dizer que não tenho, mas é algo que anda junto com a carreira do ator e até é bom às vezes. Tenho medo de não ter a possibilidade de atuar, não ter mais força de correr atrás do que mais amo fazer”

Projeto: “Tenho um grupo com mais três atores. A gente faz parte da Sociedade Invisível. Criamos esse grupo porque não queríamos mais esperar uma aprovação para trabalhar”

 COMENTÁRIOS