...
PUBLICIDADE
12/10/2015

"Romance Policial - Espinosa" estreia no GNT

  
Os atores Paulo Verlings, Luciano Quirino, Domingos Montagner, Otto Jr. e Chandelly Braz compõem equipe de investigação Divulgação/GNT

12/10 (segunda) – 13h – Viva – “Malhação” – No ano em que “Malhação” completa duas décadas no ar, o Viva estreia uma das temporadas mais carismáticas e de maior sucesso da atração: a da Vagabanda. O canal traz de volta as aventuras da banda de rock que saiu das telas e conquistou o público com hits como “Por Mais Que Eu Tente” e “Você Sempre Será”. Exibida pela primeira vez em 2004, na TV Globo, esta edição marca a estreia dos atores Marjorie Estiano, Humberto Carrão, Guilherme Berenguer e João Velho na televisão. O elenco é composto ainda por nomes como Juliana Didone, Nuno Leal Maia, Tássia Camargo, Daniele Suzuki, Cissa Guimarães, Dalton Vigh, André De Biase, Bia Montez, Ícaro Silva, Ricardo Petraglia, Graziela Schmitt, Sérgio Hondjakoff, Lara Rodrigues, entre outros.

12/10 (segunda) – 23h30 – SescTV – “Coleções” – Histórias de fé, milagres e promessas são apresentadas em “Devotos de Nossa Senhora Aparecida”, episódio da série “Coleções”, que compõe o tema “Fé no Brasil”. Exibido quando se comemora o dia da Padroeira do Brasil, o documentário narra a história da imagem da santa e a fé dos religiosos. A direção geral da série é de Belisario Franca. O documentário visita a Basílica de Nossa Aparecida, que fica no município de Aparecida, no interior de São Paulo. O santuário recebe milhares de pessoas todos os dias, oriundas de diversas regiões do Brasil.

12/10 (segunda) – 10h15 – Fox – “Especial Dia das Crianças” – Em comemoração ao Dia das Crianças, o canal exibe quatro filmes consecutivos cheios de aventura. O primeiro é “Eragon”, às 10h15, seguido por “Quarteto Fantástico”, às 12h; e “A Era do Gelo”, às 13h45. O último da programação é “A Era do Gelo 3”, às 15h15.

15/10 (quinta) – 22h30 – GNT – “Romance Policial – Espinosa” – A nova série brasileira, dirigida por José Henrique Fonseca, é inspirada no livro “Uma Janela em Copacabana”, de Luiz Alfredo Garcia-Roza. Filmada no Rio de Janeiro, a história começa quando um detetive é encontrado morto em um apartamento de Copacabana. Dois dias depois, outro policial também é assassinado em plena luz do dia, na Praça do Lido. Ambos executados com um tiro na nuca à queima-roupa, sem resistência e sem testemunhas. Casos em condições idênticas e ambos ocorridos na circunscrição do delegado Espinosa. Conhecido por seu rigor ético, Espinosa decide montar um grupo especial de investigação e logo mais um assassinato ocorre, o que faz com que ele comece a desconfiar de seus companheiros de trabalho. A situação piora ainda mais quando as amantes dos policiais mortos também começam a ser assassinadas.

 COMENTÁRIOS