...
PUBLICIDADE
Natalia Gatto Pracucho 29/04/2016

Micaela, Miss Jaú, renuncia ao título

Decisão foi tomada após uma das regras do concurso ser infringida; 2ª colocada, Mônica Rosa, assume o posto

  
Micaela Helena da Silva precisa deixar título de Miss Jaú e passar faixa para Mônica Cristina Rosa Leandro Carvalho/21.abr.2016

A Miss Jaú Micaela Helena da Silva, 19 anos, eleita em concurso realizado no último dia 21 no Teatro Municipal Elza Munerato, renunciou na noite de ontem ao título. A decisão foi tomada em conjunto com a agência RuatreZ, organizadora do evento, após uma das regras do concurso ser infringida.

A RuatreZ detém autorização da Be Emotion – Polishop para organizar o concurso de miss em Jaú e enviar representante do Município ao Miss São Paulo – realizado anualmente e transmitido pela Rede Bandeirantes. Dentre as regras para o evento estadual, as interessadas devem ter de 18 a 26 anos, nunca ter sido casada, nem ter filhos, possuir ensino superior (ou estar cursando) e ter no mínimo 1,68 metro de altura. Caso não esteja enquadrada em uma dessas condições, não pode concorrer ao posto de mais bela do Estado.

Durante as inscrições em Jaú, os mesmos critérios foram adotados. Segundo informações do diretor da RuatreZ, Fábio Colatto, a Be Emotion concordou que candidatas estivessem frequentando curso técnico, desde que o curso tivesse duração total de no mínimo um ano e meio. Por isso, as 14 candidatas que concorreram ao Miss Jaú estariam aptas a participar do Miss São Paulo.

Micaela – eleita por cinco jurados no Miss Jaú – está cursando técnico em moda e decoração. No entanto, foi solicitada a apresentação de cópia autenticada do comprovante de escolaridade e carta de reconhecimento da prefeitura na seletiva do concurso estadual. Por não ter concluído o ensino médio, Micaela precisou desistir do título e renunciar ao posto.

Por telefone, Micaela afirmou que, por estar fazendo curso técnico, não achou que fosse ser exigido ensino médio completo, uma vez que não precisou apresentar o documento no ato de inscrição em Jaú. Ela disse estar chateada com o ocorrido, mas garantiu que irá concluir os estudos e se candidatar novamente.

As 14 candidatas tinham contrato assinado com a agência RuatreZ, com termo de responsabilidade sobre os critérios exigidos, segundo Colatto.

Preparativos

A segunda colocada no concurso Miss Jaú, Mônica Cristina Rosa, assume o título. “Foi muito inesperado, fiquei sabendo hoje (ontem). Estou triste e feliz ao mesmo tempo, tenho muito carinho pela Micaela e sempre torci por ela”, diz Mônica.

Formada em gestão da produção industrial pela Faculdade de Tecnologia de Jaú (Fatec), Mônica passará nesse fim de semana por um intensivo para a seletiva do Miss São Paulo – a ser realizada na próxima terça-feira, na capital paulista.

Fábio Colatto e Fernanda Jacob, da agência RuatreZ, afirmam que a prioridade é ensaiar passarela. Mônica, que tem 1,74 metro de altura e 55 quilos, já participou de desfiles na cidade e na região.

 COMENTÁRIOS