...
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
26/02/2017

Mudança na sociedade

PUBLICIDADE

A preferência do jauense pelo casamento é notável no Cartório de Registro Civil. Somente em 2016, foram 702 cerimônias registradas no espaço, porém, o número de celebrações vem caindo nos últimos dez anos. A afirmação é do preposto designado Márcio Roberto Botelho. 
Ele cita que o casamento que as pessoas vêm perdendo o interesse nos últimos anos, tanto que morar junto deixou de ser um tabu na sociedade. “O casório se tornou um requisito jurídico pelo qual poucas pessoas se interessam. Uma escritura pública de união estável supre isso”, salienta. 
O número de casamentos oficiais pode ter diminuído, contudo, não se considera nessa estatística a quantidade de uniões não registradas, já que os casais continuem se formando e se mantendo, segundo o psicólogo especialista em terapias de casais e sexualidade Oswaldo Rodrigues Júnior do Inpasex.com.br. 
“O que tem mudado muito diz respeito aos formatos dos relacionamentos em nossa sociedade. Somente recentemente os relacionamentos homossexuais passaram a ser considerados possíveis de serem registrados legalmente e, mesmo assim, não deve ser a maioria destes casais que buscam os registros legais”, comenta. (ACM)

 COMENTÁRIOS