...
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
19/06/2017

Alemanha apresenta sua nova geração na Rússia

Campeã mundial usará a Copa das Confederações para fazer testes

Timo Werner, que se destacou na última temporada do futebol alemão Divulgação

Campeã mundial e com classificação bem encaminhada para a Copa de 2018, a Alemanha usará a Copa das Confederações para fazer testes. Mas não visando somente o próximo Mundial, mas também o de 2022, no Catar.

A média de idade da equipe é de apenas 23,9 anos. Sete jogadores jamais haviam sido convocados até os dois últimos amistosos do time. No elenco há quatro atletas que estiveram na Olimpíada do Rio de Janeiro, torneio sub-23.

Há também jogadores que se destacaram na última temporada, como Timo Werner, 21 anos, do Red Bull Leipzig. O atacante fez 20 gols em 31 partidas no Campeonato Alemão.

"A prioridade é ter certeza de que nossos jogadores irão se desenvolver, mas também estamos motivados para vencer o torneio, diz o ex-atacante Oliver Bierhoff, diretor esportivo da federação alemã. "Espero que possamos ter dois ou três deles na Copa do ano que vem", completa.

Em meio a tantos novatos, caberá ao meia Julian Draxler, 23, liderar o time. Ele vestirá a braçadeira de capitão. Draxler jogou o Mundial de 2014 e se destacou nos últimos meses no Paris Saint Germain, clube no qual desembarcou vindo do Wolfsburg, em janeiro. Outro campeão mundial no elenco é o zagueiro Shkodran Mustafie, 25

 COMENTÁRIOS