...
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Natalia Gatto Pracucho 12/08/2017

Jauense atua no musical "Cantando na Chuva"

Em 16 de setembro, Gabriela Rodrigues viverá a personagem principal do espetáculo, Kathy Selden

Gabriela Rodrigues estreia amanhã em "Cantando na Chuva" Fotos: Divulgação

A atriz, cantora e bailarina Gabriela Rodrigues, 23 anos, saiu do palco do Teatro Alfa, na capital paulista, onde estava em cartaz até julho com o musical “O Homem de La Mancha” - premiada versão de Miguel Falabella – e em pouco tempo já engatou outro trabalho no currículo. A talentosa jauense estreia hoje, às 17h, no Teatro Santander, em São Paulo, no musical “Cantando na Chuva”.
O espetáculo, inspirado no clássico do cinema, tem Claudia Raia como uma das protagonistas e também como produtora. Na trama, que se passa na década de 1920, o personagem Don Lockwood (vivido no teatro por Jarbas Homem de Mello) e Lina Lamont (Claudia) são atores de grande sucesso da época do cinema mudo. 
A sorte dos dois muda totalmente com o surgimento do cinema falado. Bonitos e carismáticos, Lina e Lockwood não têm a mesma habilidade e desenvoltura quando precisam mostrar suas vozes em cena e precisam lutar para manter suas carreiras. Nesse processo, eles recebem a ajuda dos também atores Kathy Selden (Bruna Guerin) e Cosmo Brown (Reiner Tenente).
A princípio, a jauense Gabriela Rodrigues iria participar das audições para fazer parte somente do ensemble (coro), mas conquistou a produção do musical e foi convidada para integrar a audição que escolheria a personagem Kathy Selden. “Só de ter sido chamada para o coro foi uma grande conquista, mas ser elogiada pela produção e poder participar de outra seleção foi ainda mais especial”, conta Gabriela, que esteve entre os menos de 10% dos 4 mil candidatos que enviaram currículo.
Selecionada para a final da audição de Kathy Selden, a jauense teve que, de um dia para o outro, decorar três cenas e três músicas, além de apresentar duas sessões de “O Homem de La Mancha” – que ainda estava em cartaz. “Foi muito cansativo, mas decorei tudo e me preparei. Na final, éramos só eu e mais duas meninas. Fiz as cenas com o Jarbas (Homem de Mello), cantei três músicas e dancei duas coreografias, de jazz e sapateado.”

Cover

Gabriela Rodrigues ganhou o papel de cover da personagem Kathy Selden. Isso significa que, quando a atriz principal, Bruna Guerin, não puder comparecer ao teatro, é a jauense quem viverá a protagonista. E no dia 16 de setembro já está marcado para ela subir ao palco como a estrela do musical, às 17h e às 21h. “Fiquei muito feliz, realmente não esperava.”
Além de ser cover, Gabriela também faz parte do ensemble e, por isso, fica praticamente toda a duração do espetáculo – 2 horas e meia – no palco. “Eu não paro, estou em cena o tempo inteiro”, diz Gabriela, que interpreta uma fã, a peruqueira da personagem de Claudia Raia, uma atriz, uma garota assistindo a um filme, entre outros papéis.
“Cantando na Chuva” está previsto para ficar em cartaz no Teatro Santander até 26 de novembro. As exibições, com censura livre, ocorrem às quintas e sextas (21h), sábados (17h e 21h) e domingos (16h e 20h). Os ingressos custam de R$ 50 a R$ 260.

Galeria de imagens:(Clique para ampliar)

 COMENTÁRIOS