...
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Natalia Gatto Pracucho 13/09/2017

Roteirista lança livro sobre a adolescência

Noite de autógrafos de “O Dia em que a Minha Vida Mudou” será amanhã em livraria de Jaú

PUBLICIDADE
Keka Reis escreve para o público adolescente há algum tempo Fotos: Renato Parada e Divulgação

A escritora e roteirista Keka Reis, 43 anos, lança amanhã em Jaú o livro de ficção juvenil “O Dia em que a Minha Vida Mudou por Causa de um Chocolate Comprado nas Ilhas Maldivas”, pela Editora Seguinte (Companhia das Letras). A noite de autógrafos será às 20h na Espaço União Livraria e Café, localizada no piso térreo do Jaú Shopping. 
O livro trata da pré-adolescência, fase da vida em que as coisas mudam radicalmente, de uma hora para outra. “A personagem principal, a Mia, é uma criança que sempre gostou de ser criança e que está enfrentando todas essas mudanças. Para deixar tudo ainda mais dramático, ela ainda recebe um bilhetinho amoroso de um menino que julgava ser seu melhor amigo”, conta a autora.
O título é uma brincadeira que Mia faz quando ganha o chocolate Pura Magia do amigo. O doce, que vem junto com o bilhete amoroso, é uma lembrança muito especial que a personagem tem do falecido pai.
Com ilustrações de Vin Voguel, o livro de estreia da roteirista Keka Reis retrata com bom humor a passagem da infância para a pré-adolescência. “A ilustração que mais gosto é a que tem a Mia na cabine de um provador de roupas com a maior cara de choro. Não existe nada mais simbólico sobre a pré-adolescência do que a dificuldade em achar uma roupa adequada”, brinca Keka.

Público 

Keka Reis nasceu em São Paulo, mas passou a maior parte da adolescência morando com avós e tios em Jaú. Estudou rádio e TV na Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Bauru e voltou para São Paulo, onde reside atualmente.
Mãe de uma garota de 12 anos, o que a ajuda na “pesquisa em tempo integral”, Keka escreve para o público adolescente há algum tempo. “A verdade é que eu acho a adolescência uma das fases mais divertidas e instigantes da vida. É tudo muito intenso, poderoso, dramático. E esse drama todo ajuda muito a construir histórias cheias de movimentos, tensões, viradas... é o que fisga o leitor e diverte quem escreve”, diz.
O universo juvenil deve ser tema de outros livros de Keka. O final de “O Dia em que a Minha Vida Mudou” sugere, inclusive, uma sequência. A obra, com 176 páginas, estará à venda na Espaço União por R$ 29,90.

Galeria de imagens:(Clique para ampliar)

 COMENTÁRIOS