...
PUBLICIDADE
Ricardo Recchia 12/01/2018

XV vende caro a eliminação na Copinha

Valente, Galinho arranca empate com o Internacional, mas perde a vaga nos pênaltis

  
Jogadores do XV celebram o gol de Gustavo (esq.): Galinho deixa uma imagem positiva para todo o País Fotos: Tiago Pátaro Pavini

A equipe sub-20 do XV de Jaú vendeu caro a eliminação na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2018. Em uma partida eletrizante, o Galinho saiu atrás no placar, mas com muita garra conseguiu equilibrar as ações e empatar com o Internacional, de Porto Alegre, por 1 a 1, e se despediu do torneio na cobrança de penalidades (4 a 3).
Com o resultado desta quinta-feira, o time comandado por Marcelo Pinheiro deixa o torneio nacional de forma invicta, com uma vitória sobre o Tupã FC e três empates (Atlético-GO, Lagarto-SE e Internacional-RS). Pela primeira vez o Galinho havia passado de fase da principal competição de base do futebol brasileiro. 
Após a partida, torcedores quinzeanos que foram até o estádio Breno Ribeiro do Val, na cidade de Osvaldo Cruz, reconheceram com aplausos todo o comprometimento e espírito de luta do time de Jaú no duelo contra um dos maiores clubes do País. 

Jogo aberto

Favorito no confronto da tarde de ontem, o time gaúcho parecia mesmo que iria atropelar o XV nos primeiros minutos de partida e avançar à terceira fase da Copinha sem grandes sustos. Brenner, aos 10 minutos de jogo, abriu o placar para o Inter. Mas aos poucos os jauenses começaram a equilibrar a partida, aproveitando as falhas nas finalizações dos adversários – que tiveram outras chances para ampliar o marcador. 
Valente, o XV partiu para cima e chegou ao empate com um gol de pênalti, aos 42 minutos da primeira etapa. Tiago fez uma ótima jogada pela direita, e foi derrubado na grande área. Gustavo cobrou no canto esquerdo e deixou tudo igual sob o forte calor de Osvaldo Cruz. 
Na segunda etapa, o jogo mostrou-se mais equilibrado. O XV voltou do vestiário com outra postura, passando a controlar mais a bola e dando sufoco no Colorado, que parecia surpreso com o ímpeto do time de Jaú. Apesar de boas chances criadas para os dois lados, o placar da partida não foi alterado. 

“Caímos de pé”

E a decisão da vaga foi para os pênaltis. Com 2,02 m de altura, o goleiro colorado Carlos Miguel defendeu os chutes de Gustavo e Renan. O arqueiro quinzeano Dida ainda pegou a cobrança de Da Silva, mas não foi o suficiente. Final: 4 a 3 para os gaúchos, que seguem na busca pelo pentacampeonato da Copa São Paulo.
Em entrevista após o jogo, o técnico Marcelo Pinheiro disse que seus jogadores fizeram tudo que estava ao alcance para honrar a camisa do XV de Jaú.  “Poderíamos prolongar a história que estávamos construindo. Mas caímos de pé”, resumiu o treinador quinzeano. 
Com a eliminação na Copinha, os holofotes do Zezinho Magalhães se voltam agora para a pré-temporada da equipe que irá disputar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Após breve período de descanso, os jogadores do Galo se reapresentam no próximo dia 23.

Galeria de imagens:(Clique para ampliar)

 COMENTÁRIOS