...
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Ricardo Recchia 13/01/2018

Me senti jogando junto deles, afirma Marcelo

Técnico do XV de Jaú diz que jogadores deram demonstração de garra e capacidade na Copa São Paulo

  
O treinador Marcelo Pinheiro afirma que a base precisa ser valorizada Fotos: Tiago Pátaro Pavini

De forma dramática para seus torcedores, a equipe sub-20 do XV de Jaú foi eliminada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Mas o Galo da Comarca ainda colherá os frutos do trabalho realizado nas categorias de base. Essa é a opinião do treinador do time jauense na Copinha-2018, o ex-meia/volante Marcelo de Paula Pinheiro. 
Segundo ele, os atletas que deram sufoco no Internacional-RS, anteontem, na cidade de Osvaldo Cruz, empataram por 1 a 1 no tempo normal e só caíram nos pênaltis têm todas condições de integrar o elenco da equipe principal do XV no restante da temporada. 
Neste ano, o time verde e amarelo disputará novamente a maratona do Campeonato Paulista da Segunda Divisão – na prática a quarta e última divisão do futebol estadual. Mais uma vez, a competição só permitirá jogadores sub-23. O conselho arbitral da Segundona-2018 será realizado no dia 30 deste mês, em São Paulo.
Nessa entrevista ao Comércio, Pinheiro faz um balanço da histórica participação quinzeana na 49ª edição da Copinha. Pela primeira vez, o Galinho chegou aos mata-matas da principal competição de base do futebol brasileiro.

•••

Comércio – Que balanço você faz da participação do Galinho na Copinha?
Marcelo Pinheiro – Extremamente positivo. Apesar de ter ficado aquele sentimento de que poderíamos ter avançado ainda mais nessa competição, os meninos se superaram e deram uma grande demonstração de talento, garra e capacidade.

Comércio – Contra o Internacional, a equipe jauense deixou boa impressão para todo o País. Qual foi sua emoção ao acompanhar a partida do banco de reservas?
Pinheiro – Me senti dentro de campo jogando junto deles tamanha foi a entrega e o amor que eles demonstraram, o que acabou contagiando a todos que estavam presentes (no estádio). Até mesmo a torcida local passou a torcer pelo XV.

Comércio – Alguns jogadores do Galinho podem ser utilizados na equipe principal nesta temporada?
Pinheiro – Pelo que demonstraram, acredito que sim. Esse é o principal objetivo.

Comércio – As categorias de base do XV de Jaú conquistaram bons resultados nos últimos anos. O trabalho deve prosseguir?
Pinheiro – O que esses meninos demonstraram na Copinha nos faz acreditar que realmente fizemos um grande trabalho e, com a sequência, a tendência é da confirmação desses talentos e aparição de novos nomes.

Galeria de imagens:(Clique para ampliar)

 COMENTÁRIOS