...
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
13/01/2018

Lucca ganha chance contra Rangers

Atacante do Corinthians está chateado porque nem sequer teve oportunidade de jogar contra o PSV, na última quarta

  
Lucca e Fábio Carille conversam durante treino do Corinthians Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Enquanto a diretoria do Corinthians busca um atacante para o lugar de Jô, Fábio Carille tem em seu elenco um atleta que fez quase tantos gols quanto o ex-camisa 7 do Timão marcou em 2017. Com 24 tentos, Lucca acumulou apenas um gol a menos do que ex-artilheiro alvinegro – ambos fizeram o mesmo número de partidas na temporada.
Embora não seja visto como um camisa 9 de ofício, o atacante, de 27 anos, tem o faro de gol apurado e quer uma chance para provar isso. Neste sábado, ele terá a oportunidade de atuar por 45 minutos contra o Rangers, da Escócia, no segundo e último jogo do Corinthians na Florida Cup, às 16h (de Brasília, com Band e SporTV), em Orlando.
Mesmo sendo um jogo com caráter amistoso e ainda na pré-temporada, é a hora ideal para o jogador cavar uma vaga no ataque corintiano, que conta atualmente só com Kazim e Carlinhos. O primeiro ainda não rendeu o esperado e ao segundo falta experiência. Soma-se a isso a tentativa frustrada de contar com o goleador Henrique Dourado.
Lucca está chateado porque nem sequer teve oportunidade de jogar contra o PSV, da Holanda, na última quarta, mesmo quando Carille trocou os 11 titulares. “É bom se sentir incomodado. O Lucca fez um ano maravilhoso em 2017 e faz parte dos planos”, disse Carille, que também ficou chateado com o Lucca, mas no início do ano passado, quando o atleta recebeu a proposta para jogar na Ponte Preta, por empréstimo, e não pensou duas vezes em ir.
Justamente por isso, aliás, que o jogador terá mais trabalho para cavar um espaço no time neste ano. Então é bom que ele aproveite bem o fato de poder entrar em campo hoje à tarde, principalmente, indo às redes.

Renascimento

Adversário do Corinthians pela primeira vez na história, o Rangers é um dos clubes mais tradicionais da Europa e considerado um dos dois maiores da Escócia, ao lado do Celtic, mas quase deixou de existir. Em 2012, endividado, o time abriu falência e acabou rebaixado à quarta divisão do futebol escocês. Antes de se reerguer, o clube foi vendido para um grupo de investidores, que o refundou com o nome de The Rangers Football Club Ltd.
Somente em 2016 o Rangers, maior vencedor do Escocês, com 54 títulos, conseguiu voltar à elite. Na atual temporada, a equipe aparece na terceira posição, com 40 pontos, 11 a menos do que o seu maior rival, o Celtic.
Com dez gols, o atacante colombiano Alfredo Morelos é o principal destaque. Na quinta-feira, o time azul bateu os reservas do Atlético-MG por 1 a 0. (Folhapress)

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Balbuena,
Pedro Henrique, Romão;
Gabriel, Rodriguinho,
Jadson; Romero,
Kazim, Clayson
Técnico: Fábio Carille

RANGERS
Alnwick; Tavernier,
Dalcio Gomes, Wilson,
Danny; Sean Goss,
Jason Holt, Jamie
Murphy, Atakayi; Alfredo
Morelos, Kranjcar
Técnico: Graeme Murty

Local: Estádio Spectrum,
em Orlando (EUA), às 16h

 COMENTÁRIOS