...
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
15/04/2018

Corinthians defende título sem time ideal

  
Corinthians quer repetir 2017 e faturar o Brasileirão Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

O Corinthians começa a defesa do título brasileiro sem que o técnico Fábio Carille tenha achado a escalação ideal da equipe. Hoje, às 16h, a estreia será na Arena Corinthians contra o Fluminense, adversário no jogo da conquista do hexacampeonato Brasileiro, no ano passado.
Em 2017, após ganhar o Paulista, a base alvinegra estava montada. Agora em 2018 o Corinthians também venceu o Estadual, mas está em processo de transformação.
A diretoria espera anunciar no início da semana a contratação do centroavante Roger, que estava no Internacional. Ele terá a responsabilidade de suprir a maior carência do elenco: um jogador de presença na área, que consiga também abrir espaço para os meias que chegam de trás.
Foi o papel que fez de Jô o melhor jogador do Brasileiro e que chamou a atenção do futebol japonês.
Carille passou todo o Estadual ressaltando que não havia no elenco um substituto para fazer a mesma função.
Durante o torneio nacional, o Corinthians ainda pode perder Maycon, que fez a cobrança do pênalti que garantiu o título paulista. O volante é negociado com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e pode deixar o time após a Copa do Mundo da Rússia.
A expectativa de fechar negócio fez com que o treinador não escalasse Maycon para o jogo contra o Fluminense. Ele será substituído por Renê Júnior. A diretoria até tentou disfarçar, dizendo que o negócio não estava fechado, mas Carille não foi discreto.
"O Maycon está negociado com o Shakhtar", disse o treinador para a Fox Sports.
A chegada de Roger pode fazer com que o Corinthians volte a jogar de forma semelhante à do título de 2017.
Na final do Paulista contra o Palmeiras, por exemplo, a equipe tinha dois meia-atacantes abertos pelas pontas (Romero e Mateus Vital), mas sem ninguém na área.
Carille contava com as chegadas dos meias. Deu tão certo que o único gol do jogo foi marcado por Rodriguinho.

Base

O Fluminense entra para a disputa do Brasileiro deste ano com um elenco rejuvenescido que está sendo reforçado aos poucos.
Para a estreia, a equipe carioca aposta no talento dos jovens oriundos das categorias de base. Um deles é o centroavante Pedro, artilheiro do Campeonato Carioca e que tem a missão de substituir Henrique Dourado, goleador da última edição do torneio ao lado de Jô, com 18 gols.
Pensando em dar mais experiência ao elenco, a diretoria está no mercado em busca de reforços. Na última sexta-feira, apresentou o atacante João Carlos, que veio da Cabofriense, e está perto de anunciar outro atacante: Kleber, que será liberado sem custos pelo Coritiba.
Sem desfalques, Abel Braga deve escalar o mesmo time – formado com três zagueiros – que venceu o Nacional Potosí, da Bolívia, por 3 a 0, na última quarta-feira, no Maracanã, pela primeira rodada da Copa Sul-Americana. (FOLHAPRESS)

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Balbuena, 
Henrique e Sidcley; Ralf, 
Renê Júnior, Rodriguinho 
e Mateus Vital; Romero 
e Clayson 
Técnico: Fábio Carille

FLUMINENSE
Júlio César; Renato Chávez, 
Gum e Ibañez; Gilberto, 
Richard, Jadson, Sornoza 
e Ayrton Lucas; Marcos 
Júnior e Pedro 
Técnico: Abel Braga

Local: Arena Corinthians, 
em São Paulo, às 16h

 COMENTÁRIOS