...
PUBLICIDADE
15/04/2018

Justiça fixa multa para manifestantes

  

A Justiça do Paraná fixou anteontem multa diária de R$ 500 mil para os manifestantes que ocuparem o entorno da Superintendência da Polícia Federal, no bairro Santa Cândida, em Curitiba. Na PF, está preso desde o último dia 7 o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que cumpre pena de 12 anos e um mês de prisão.

Ontem, apoiadores do petista, como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a Central Única dos Trabalhadores (CUT) começaram a montar um acampamento na região. No mesmo dia, foi expedida uma liminar da Justiça estadual proibindo a ocupação da região, o que, até as 16h de ontem, não teve efeito prático.

A multa é endereçada a movimentos favoráveis e contrários que realizarem manifestações no local. São réus a CUT, o PT, o Movimento Curitiba Contra Corrupção, o Movimento Brasil Livre (MBL) e o Movimento UFPR Livre.

Também anteontem, a Prefeitura de Curitiba pediu à Justiça Federal que o ex-presidente seja transferido de unidade prisional, “para local seguro e adequado às circunstâncias do caso”. “O município de Curitiba já exauriu as providências administrativas e judiciais para o cumprimento da ordem judicial, mas não tem atribuição legal para o seu cumprimento, dependendo da Polícia Militar para tanto”, diz o pedido. (Folhapress)

 COMENTÁRIOS