...
PUBLICIDADE
14/06/2018

Em homenagem a egípcio, hamburgueria cria X-Salah

  
Mohamed Salah é estrela da seleção egípcia Divulgação

Eis a receita para fazer seu próprio Mohamed Salah: dois hambúrgueres de kafta somando 300 gramas de carne, duas fatias de queijo tipo estepe, cebola crocante, alface, tomate e maionese de zátar servidos em brioche. Não tem o mesmo gosto do atacante da seleção egípcia na Copa, mas é a solução oferecida em São Paulo pela hamburgueria árabe Souk Burguer - que chama o lanche de X-Salah.
O Souk Burguer criou o sanduíche, vendido por R$ 34, para celebrar a Copa do Mundo. O campeonato começa hoje na Rússia. A hamburgueria também serve uma série de outros pratos baseados na culinária árabe, com ingredientes como homus, coalhada, falafel e molho de hortelã. No cardápio de bebida, o restaurante convida a uma caipirinha de áraque, um destilado com sabor de anis. Esse drinque custa R$ 30.
A casa é propriedade do descendente de libaneses Tarik Bechara Leal, que tenta agora transformar o local em ponto de encontro da comunidade árabe em São Paulo para assistir às partidas da Copa - o primeiro jogo, aliás, é disputado entre Arábia Saudita e Rússia. Marrocos, Egito e Tunísia são outras seleções árabes no campeonato, somadas também a times de países de cultura islâmica, como o Irã. (Folhapress)

 COMENTÁRIOS