...
PUBLICIDADE
12/07/2018

Cortinas unem funcionalidade e elegância

  
Cores claras não "cansam" ambientes: delicadeza Divulgação

As cortinas e persianas, além de filtrar a luz e dar privacidade, auxiliam na decoração do ambiente. Ambas são peças feitas para durar um longo periodo, por isso é necessário escolher bem o modelo para combinar com a decoração e não se cansar da peça.
Os tecidos leves, como voil, chiffon e o shantung, permitem maior entrada de luz, ideal para cômodos que pedem a elegância de uma cortina, com boa iluminação natural.
Para filtrar a intensidade de luz os tecidos de algodão, linho, sarja e seda são ideais. Para vedar a luz e deixar o cômodo escuro podem ser usadas a camurça, veludo ou o blecaute.
Já nas cores, os tons neutros, como branco, bege e cinza, predominam na escolha – evitando que as pessoas se cansem rapidamente do modelo. Esses tons podem ser combinados com detalhes em cores, como listras para dar melhor acabamento.
As estampas, apesar de menos escolhidas, alegram o ambiente e garantem mais personalidade ao cômodo.

Varão

Na instalação, alguns detalhes também devem ser considerados. O varão é recomendado para cortinas e pode ser de madeira, metal ou plástico. Já o trilho suíço geralmente é para cortinas e persianas feitas sob medidas.
Ambos os suportes de fixação podem ser ocultados por um cortineiro de madeira ou gesso o que garante melhor acabamento. 
O comprimento também requer atenção, deve ser levado em consideração o gosto do cliente, mas também detalhes do cômodo.
Para ampliar o ambiente o comprimento longo é o mais utilizado, mas para cozinhas, banheiros, escritórios ou cômodos em que há um móvel abaixo da janela vale apostar em um tamanho mais curto - o término deve ser rente ao móvel pelo menos 30 centímetros acima. (Da redação)

 COMENTÁRIOS