...
PUBLICIDADE
10/10/2018

Câmara de Itapuí cassa mandato de vereadora

  

Por 6 votos a 2, a Câmara de Itapuí cassou o mandato da vereadora Tatiane Maia (MDB), em sessão realizada na última segunda-feira. O plenário aprovou o parecer do Conselho de Ética, que recomendava a perda do mandato da legisladora, que foi a mais votada na última eleição.
Para o conselho, Tatiane quebrou o decoro parlamentar ao supostamente desacatar funcionários públicos na delegacia de Itapuí. O caso teria acontecido há mais de um ano, quando a vereadora foi à polícia depor como testemunha em um processo movido por suposto crime eleitoral na campanha para a prefeitura.
Na sessão de anteontem, a maioria dos vereadores concordou com a acusação – apenas Gabriel Sotto (PSDB) e Gilson Sebastião (PSDB) foram contrários à cassação.
Antes do encontro, a oposição e a defesa da vereadora tentaram adiar o debate, alegando que o presidente Vandir Viaro (PTB) não poderia presidir a votação, já que ele era parte interessada. A reportagem não conseguiu falar com o chefe do Legislativo.
A vereadora cassada pretende recorrer à Justiça para manter seu mandato. Segundo ela, não houve crime e o processo aberto pelo suposto desacato não foi julgado. “Eles passaram por cima da lei, e não existem provas do desacato”, comenta a vereadora. Caso não consiga reverter a decisão, o suplente Antônio Donizete Duarte (PTB) será convocado. (JGD)

 COMENTÁRIOS