...
PUBLICIDADE
05/12/2018

Azarão, Amaral chega à final

  
Xuxa, Amaral e Bruna: ex-jogador aposta na votação popular Divulgação

Ex-jogador de futebol com passagens por grandes times, como Corinthians e Palmeiras, Amaral superou dores e um problema no joelho, anos 45 anos, para chegar à decisão de hoje à noite do "Dancing Brasil" (Record).
"Foi na superação, na determinação, uma experiência agradável. Agradeço à Record pela chance e à minha parceira de dança (Bruna), que teve toda a paciência do mundo. Algumas coreografias que seriam impossíveis de executar, por conta do joelho, ela mudava. Teve muito cuidado comigo", destaca o atleta.
Apesar de não ser um dos favoritos ao grande prêmio, Amaral aposta suas fichas na votação popular. Até porque carisma é o que o participante mais possui.
"Todos os que estão nesta decisão do "Dancing Brasil" são favoritos. Que seja feita a vontade de Deus. No futuro, vou querer dançar, envolver-me com a dança. É uma terapia", avalia o ex-jogador de futebol.
Amaral conta que não sabe o que fará com o valor do prêmio (R$ 500 mil) caso vença o reality show. Porém, afirma que o principal ganho por ter participado da atração foi ter sido reconhecido por novos fãs. "O carinho das pessoas que não me conheciam foi legal. É um outro público, bem diferente do de futebol", finaliza. (Folhapress)

 COMENTÁRIOS