Artilheiro do Nacional ainda não sabe se será aproveitado na volta à Inter de Milão

" />
...
PUBLICIDADE
Folhapress 06/12/2018

Gabigol "abre as portas" para outros times

Artilheiro do Nacional ainda não sabe se será aproveitado na volta à Inter de Milão

  
Gabriel Barbosa beija o escudo do Santos na Vila Belmiro Ivan Storti/Santos FC

O atacante Gabriel Barbosa volta à Inter de Milão, da Itália, após o fim de seu empréstimo com o Santos nesta temporada. Aliás, esta é a única certeza do artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 18 gols. Ele ainda não sabe se será aproveitado no clube italiano ou emprestado novamente para outro clube. Questionado se jogaria no São Paulo, por exemplo, um dos clubes interessados em seu futebol antes de voltar ao Santos nesta temporada, Gabigol abriu as portas para atuar nos rivais do alvinegro praiano. "Ser citado em grandes times é sempre motivo de muito orgulho. Respeito todas as equipes. Todos sabem meu carinho pelo Santos, mas abro as portas para todos os times", afirmou Gabigol. Após um início difícil no Santos em sua segunda passagem, com direito a jejum de gols, Gabigol deslanchou após a chegada do técnico Cuca e terminou a temporada com prêmios de melhor atacante e artilheiro do Brasileiro.

Agora o camisa 10 alega que pretende apenas manter a sequência de jogos e ser feliz na carreira, independente da equipe que defenderá em 2019. "Como falei. Vou voltar para Inter. Agradeço todas especulações, não sei é verdade ou mentira, mas ser citado em grandes times me deixa honrado. Vou voltar para Inter e ver o que acontece", disse.

"Eu quero ser feliz (o que pretende para 2019), jogar independente do lugar. Tenho felicidade de ser jogador da Inter, é um time grande, mas é momento de aproveitar as férias. Quero jogar e ter sequência. O financeiro fica em segundo plano neste momento", concluiu.

 

Vanderlei

 

Um 2018 de aprendizado e um 2019 mais bem planejado. Esse foi o recado do goleiro Vanderlei, já um veterano de 34 anos, que, em meio ao interesse do São Paulo, pretende ficar em Santos. "Depois do que passamos (ameaça de rebaixamento), a gente torce para que o Santos defina o quanto antes o treinador para que o planejamento seja feito e possamos ter um grande 2019." A preocupação do goleiro vai além. "A gente sabe que tem de ter reforços, né? Todas as equipes estão procurando se reforçar. O calendário de 2019 será longo, com grandes competições. Então, torço para que o técnico seja contratado logo, para que possa definir o elenco."

O afastamento do técnico Cuca, por conta de problemas no coração, vai ser uma perda significativa para o clube, segundo Vanderlei. "A gente lamenta muito porque é um problema de saúde e ele está se afastando do futebol. O Cuca veio e fez um excelente trabalho de recuperação (tirou o Peixe da rabeira da tabela e chegou a brigar por vaga na Libertadores). Seria importante a sua manutenção, mas a realidade é outra", diz Vanderlei. (Folhapress)

 

"Quero ser feliz

(em 2019), jogar

independente do lugar”,

afirma o atacante

 COMENTÁRIOS