Treinadora e outros três mesa-tenistas participaram de atividades no Chile

" />
...
PUBLICIDADE
Matheus Orlando 10/01/2019

Dani Bassi valoriza 3º lugar e intercâmbio

Treinadora e outros três mesa-tenistas participaram de atividades no Chile

  
Fábio Viccari, Dani Bassi, Victor Pinhatar e Dagoberto Nascimento Júnior Divulgação

Após um intercâmbio e a disputa de um campeonato no Chile, a coordenadora e técnica da Associação Jauense de Tênis de Mesa (AJTM), Daniela Bassi, valoriza a experiência e celebra os resultados obtidos.

Entre novembro e dezembro, Dani e três alunos participaram de 22 dias de treinamentos no país sul-americano, onde tiveram contato com atletas de ponta. Viajaram com a treinadora os jovens Victor Pinhatar, 12 anos (categoria mirim); Fábio Viccari, 15 anos (infantil); e Dagoberto Nascimento Júnior, 17 anos (juvenil).

Para os meninos, foi a oportunidade de viajar de avião pela primeira vez, conhecer uma nova cultura, treinar em dois períodos e fazer contatos na área. “É uma experiência para a vida, e o sentimento inexplicável”, resume Dani.

Além dos treinos, Dani participou ainda de um campeonato, em que obteve o terceiro lugar. “Como atleta, joguei campeonato máster na categoria de 35 a 49 anos, fiquei em terceiro. Perdi na semifinal para a Sofia, que participou de três Olimpíadas, é medalhista em Pan e tem um currículo grandioso. O torneio tinha atletas muito experientes, então valorizo muito a minha classificação”, comemora.

Em 2017, Daniela tinha ido sozinha ao Chile, onde também participou de intercâmbio e competição (na qual ficou com o título). “Aceitei ir com os meninos pela experiência que eles teriam, e tudo transcorreu bem. Tenho vários amigos que fiz pelo tênis de mesa, e acho que a amizade que fica do esporte é o mais gratificante, um ajuda o outro”, conclui.

 COMENTÁRIOS