...
PUBLICIDADE
FOLHAPRESS 12/01/2019

Contra o Ajax, São Paulo tenta ditar ritmo

Tricolor tem hoje, às 16h, seu segundo compromisso na Florida Cup

  
São Paulo quer ser mais ofensivo Rubens Chiri/saopaulofc.net

O São Paulo volta a campo hoje, às 16h (de Brasília), pela Florida Cup, contra o Ajax-HOL, em Orlando, nos EUA, para fazer os últimos testes em solo americano. A partida terá transmissão ao vivo na Band e no SporTV.

Como perdeu na estreia para o Eintracht Frankfurt e diante do empate entre Flamengo e Ajax, com vitória rubro-negra nos pênaltis, dando um ponto extra aos cariocas, o Tricolor não tem mais chance de ser campeão da competição amistosa.

Por isso, o jogo será encarado única e exclusivamente para observar os jogadores e acertar os erros que foram cometidos no jogo inaugural.

E não é porque saiu derrotado contra os alemães que o São Paulo, de André Jardine, abrirá mão de ficar com a bola e trocar passes atrás.

"O São Paulo sempre se notabilizou em seus grandes momentos por equipes que tinham muita competência com a bola no pé. Esse é o nosso objetivo. E queremos mais agressividade. Isso contempla a parte defensiva, que coloca em dificuldades a posse de bola do adversário. Conseguimos isso no primeiro tempo", declarou Jardine, depois da derrota por 2 a 1 para o Eintracht.

"Com a bola, quem pressiona precisa ter qualidade para jogar. É um traço que as equipes que querem ter o controle do jogo têm de treinar. Não era uma característica nossa no ano passado. Conseguimos treinar uma vez só esse conceito, mas temos vendido essa ideia aos jogadores", acrescentou Jardine.

O técnico tricolor afirmou que levará tempo para o time do Morumbi tirar todo resquício deixado por Diego Aguirre, que gostava de explorar mais os contragolpes.

Para a partida contra os holandeses, Jardine ainda não definiu a escalação. Certo é que Biro Biro, único entre os reforços a não jogar, vai atuar 45 minutos. "Confesso que ainda vou pensar um pouco. Vamos colocar no papel, olhar o jogo de novo e tomar a decisão", concluiu o treinador.

 COMENTÁRIOS